Segunda, 21 Maio 2018

Francisco das Chagas Câmara Rayol

Francisco das Chagas Câmara Rayol ( Fortaleza) - o previdenciário do IPASE e do IAPAS com passagem pela ANVISA e ANASPS

 

O previdenciário do IPASE e do IAPAS com passagem pela ANVISA e ANASPS.

Francisco das Chagas Camara Rayol, nasceu em Fortaleza na Rua Domingos Olimpio em 20/10/1940, filho de Antonio José Rayol e de Aldenora Camara Rayol, ele de fortaleza e ela do Maranhão.

O pai tinha três (3) irmãos a saber Almir, Zulmira e Jurema e a mãe tinha (4) irmães sendo Ester, Marina, Hilda e Zilda.

Meu avô, Humberto Roulin Rayol, em sendo Chefe de Polícia em Fortaleza, facilitou a entrada do meu pai nas empresas do Luiz Severiano Ribeiro e começou a trabalhar no cine Majestic.

Tenho seis (6) irmãos: Elcio, Marilia e Henrique, por parte de Pai e Mãe; Johnny, por parte de Mãe e Antonio Carlos e Antonio Claudio, por parte de Pai.

Fiz o primário no Marista.

Por volta de 1949, meu Pai recebeu convite do Luiz Severiano Ribeiro para assumir a gerência da empresa no Rio de Janeiro, embarcamos de navio e fomos morar com minha tia Hilda no Largo do Barrado e que tinha um filho, Alberto que já era tenente do exército. A casa era grande e coube todos.

Logo após a chegada ao Rio Pai e Mãe se separaram, quando então meu Pai foi morar em Duque de Caxias, de onde comandava os cinemas do Severiano Ribeiro na condição de Gerente Geral.

Enquanto morava em Niterói, estudei no Colégio Salgado Filho onde fiz o Ginásio e o colegial.

Com a separação dos meus pais, fui morar em Duque de Caxias com meu Pai e parei de estudar.

Minha mãe foi trabalhar com pintura a óleo e passou a viajar pelo país e conheceu o segundo marido, Emir que era tenente da Aeronáutica com quem teve o filho (johnny). Com os ganhos das pinturas a óleo minha mãe comprou um apartamento em copacabana, na Barata Ribeiro 200. Meu pai conheceu e casou com a segunda mulher, Leda, com quem teve dois filhos, Antonio Carlos e Antonio Claudio.

Com a compra do imóvel em Copacabana, vim morar com minha mãe, juntamente com o irmão Johnny. Os demais irmãos foram morar com tia Ester, com exceção do Henrique que continuou morando em Duque de Caxias com meu Pai.

Meu primo por parte de Pai, Jesus Neves Ribeiro, era Diretor de Administração do IPASE e me colocou como office boy no Hospital dos Servidores do Estado – HSE, onde trabalhei com a Enfermeira Chefe Da. Denise.

Ao completar 18 anos, fiz concurso no DASP para auxiliar de administração, sendo aprovado, fui designado para trabalhar no IPASE, onde fui lotado na GLA, na condição de Diligente Externo de Arrecadação. Simultaneamente trabalhava na área de relações públicas da Cruzeiro do Sul, atuando junto as rádios e televisões, divulgando programas da empresa.

Certa vez fiz a apresentação da maquete da aeronave Caravelle no programa do Abelardo Chacrinha.

Em 1960 fui enviado a Brasília, ainda na condição de Diligente Externo de Arrecadação, comandando a pasta do Ministério de Viação e Obras Públicas. Fiquei alojado no acampamento do IPASE na 107 Sul. Retornei ao Rio de Janeiro e me casei em 25/10/1961 com Maria Izabel Antunes na paróquia de Nª. Sª. da Conceição e S. José, situada no Engenho de Dentro. Em janeiro de 1962, retornei à Brasília, ainda na condição de Diligente Externo de Arrecadação, e fiquei intercalando Rio/Brasília/Rio.

Os blocos de apartamento da 107 sul começaram a ficar prontos. Fui contemplado com um imóvel na 107 sul, com quatro(4) quartos, sala em L e demais dependências, desde que me transferisse em definitivo para Brasília. Retornei ao Rio e minha mulher já esperava meu primeiro filho, Rogério, que nasceu em agosto de 1962.

Desisti do imóvel pois minha mulher ficou irredutível com a possibilidade de vir morar em Brasília.

No período entre 1962 e 1969, fiz diversas viagens a serviço para Brasília. Em 1967, nasceu minha filha Maria Aparecida. Insisti mais uma vez na possibilidade de morar em Brasília e esse fato culminou com nossa separação.

Com a separação retornei a morar em Copacabana com minha mãe.

Em 1975 conheci minha 2ª mulher, Irene Mahmud, filha de libaneses, com quem tive duas filhas, Sabrina e Fabiana.

Na gestão do Ministro Rafael de Almeida Magalhães, vim a serviço para fazer pesquisa para compra de imóveis que suportasse a transferência para Brasília de servidores do IAPAS, INAMPS e INPS. Desse trabalho resultou na comprar dos imóveis da Área Octogonal Sul e também da Asa Norte.

Me separei de Irene Mahmud e conheci Patrícia Freitas com quem me casei e tivemos três filhos, Maurício, Rafael e Marcella, isso em 1986....em abril de 1988, fui transferido para Brasília e encarregado pela Secretaria de Finanças, Maria Alice de fazer a distribuição dos imóveis da SQN 209 e 210 e da Octogonal, para os servidores que viriam para Brasília.

Com a fusão, dos antigos IAPAS, INAMPS e INPS, fui distribuído para o recém criado INSS, e assumi a Chefia da Divisão de Administração Financeira, me aposentando em agosto de 1994, permanecendo no cargo em comissão, ficando até 1996 quando fui contratado pela UNESCO para habilitar o Sistema de Arrecadação da ANVISA, processo esse que foi concluído.

Em 1988 fui eleito vice-Presidente da ANASPS, cargo que ocupo até a presente data.(FCCR)

Atividades

Visitantes

Total: 15018