SITE EM ATUALIZAÇÃO... José Flavio Costa Lima
Terça, 14 Agosto 2018

José Flavio Costa Lima

Jose Flavio Costa Lima (Aracati) -  Deputado fundador da Casa do Ceará In memoriam

 

Nasceu no dia 16 de julho de 1921,na cidade de Aracati/CE, faleceu em 26 de novembro de 2006. Filho do empresário Alexandre Matos Costa Lima e de D. Egisa Leite Costa Lima, casado com a Sra. Hebe Arruda Costa Lima e teve os filhos: Alexandre, Urbano, Artur e Valéria.

 

Descendente de tradicional família de industriais e comerciantes exportadores, cuja firma Costa Lima Myrtil, liderava o comércio da zona Jaguaribana.

 

Quinto Presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) e dos Conselhos Regionais do SESI/CE e SENAI/CE e Diretor Regional do SESI/CE e do Instituto Euvaldo Lodi, núcleo do Ceará, no período de 1977 a 1986.

 

Bacharel em Direito pela faculdade do Largo de São Francisco, de São Paulo em 1944, ao regressar à Fortaleza integrou-se na classe empresarial como 1º Secretário da Associação Comercial e o Presidente do Centro dos Exportadores, em 1955/1956.

 

Ingressou na política partidária decidido a lutar por soluções para a problemática cearense e regional sendo eleito Deputado Federal de 1958 a 1967. No Congresso Nacional, participou das Comissões do Polígono das Secas e a de Economia, sendo o relator de projetos de implantação da indústria automobilística da SUDENE e da CHESF, dentre outros. Foi filiado à UDN e à Arena(1970).

 

Foi Secretário da Indústria e Comércio de 1975 a 1978. Eleito Presidente da FIEC em mandatos consecutivos de 1977 a 1986, intensificou as atividades e o surgimento de novos Sindicatos, destacando-se nas realizações de sua administração:

 

A construção do Centro Integrado SESI/SENAI "Alexandre Costa Lima" em Parangaba, a instalação do Centro de Formação Profissional Delmiro Gouveia, no Crato, e a Construção do Edifício Casa da Indústria, sede do SFIEC em Fortaleza; ampliou os Centros de Atendimento do SESI e do SENAI em Sobral e Juazeiro do Norte. Instalou em 1980 o Centro Regional de Treinamento em Moagem e Panificação - CERTREM - do SENAI/CE; - Motivou a nova geração de industriais para a consciência de cidadania e liderança empresarial através de novo sistema de gestão do Centro Industrial do Ceará.

 

- Ampliou as ações do Instituto Euvaldo Lodi para a efetiva integração Universidade/Empresa e criou o Conselho de Política Social e Econômica da Indústria Cearense - COPESIC - destinado a traçar os rumos do crescimento econômico apoiado na tecnologia produzida nas universidades.

 

- Instalou em 1980 o Centro Regional de Treinamento em Moagem e Panificação - CERTREM - do SENAI/Ce.

 

- Estimulou convênios e termos de cooperação técnica do sistema FIEC com empresas, órgãos governamentais, universidades e instalações internacionais.

 

Publicou em 1999 o livro intitulado "Revolução por Consentimento", editado pela UFC; Exerceu os cargos de Delegado Representante Suplente junto à CNI. Foiu Agraciado com a Medalha do Mérito Industrial/FIEC,1996.

 

Teve uma presença marcante como Presidente da Federação das Indústrias do Ceará quando fez renascer o CIC – Centro Industrial do Ceará e quando criou a FIC – Frente em Defesa dos Projetos do Ceará. Foi dessa frente que surgiram as campanhas em prol dos projetos da REFINARIA, ITATAIA, LAMINAÇÃO e ZPE.

 

Esteve sempre presente junto à SUDENE, na sua luta em defesa dos projetos industriais do Ceará e do Nordeste.

 

Como industrial, procurou inovar tendo participado de empresas da área de tecnologia de alimentos destacando-se entre elas a CBR.

 

Na sua busca de propostas para o desenvolvimento do Estado,registrou essa preocupação na publicação de dois trabalhos: “O problema Cearense e Dois Problemas Nordestinos” . (LMJ, com dados da FIEC).

 

Atividades

Visitantes

Total: 15018