Quinta, 24 Maio 2018

Aquiles Leite Viana

Aquiles Leite Viana (Cedro) - médico

 

Ele nasceu em 15 de fevereiro de 1969, no município de Cedro, pequena cidade situada na região centro-sul do estado do Ceará.

 

Filho do advogado José Bezerra Viana (tabelião e diretor da Cooperativa Agrícola e Industrial de Cedro Ltda.) e da professora Cecília Maria Leite Viana, a qual dedicou grande parte do seu tempo entre o Cartório de 1° Ofício de Notas, de propriedade da família, o ensino no colégio São João Batista e o estudo dos seus filhos.

 

Seus tios paternos: Wilson, agrônomo e servidor público; Vianita, servidora pública aposentada; Vianeide comerciante no município de Crato-Ceará; e Vilemar, professora em Fortaleza.

 

Tios maternos: Clériton, seu padrinho, por quem o afilhado tem grande apreço, é empresário no Cedro, e Cena Maria, professora em Fortaleza.

 

Aquiles é o segundo de uma família de quatro filhos: Fabiana, farmacêutica, mora em Fortaleza, casada com o engenheiro mecânico Ricardo Dias Viana, e mãe de Rafael e Tiago; Márcio, cirurgião-dentista, comerciante do ramo de farmácias e material de construção em Cedro e Icó, casado com Mirella Costa Batista, psicóloga, pai de Lucas e Lívia. Lianna, a caçula, é fisioterapeuta, tem uma clínica de Fisioterapia, casada com Rodrigo Xavier de Araújo, médico e ex-prefeito de Cedro, tem uma filha chamada Lara.

 

Passou a infância entre a zona urbana de Cedro e o sítio Beliza localizado naquele município, de propriedade de seus pais, onde viveu momentos de entretenimento e aprendeu a amar e apreciar as coisas simples do sertão.

 

Seus primeiros anos de estudo foram no Grupo Escolar Francisca de Albuquerque Moura, situado no bairro de Fátima. Lá permaneceu até 1980.

 

No mesmo período, no contraturno, teve a oportunidade de assistir às aulas de reforço com a educadora Luiza Veras, de saudosa memória, adepta da pedagogia tradicional, com a famosa palmatória, mas que trazia em suas atitudes apenas a intenção de que seus pupilos lessem e contassem em tempo hábil por ela determinado. Como ela ressaltava, seu objetivo era formar cidadãos para o mundo, com retidão e cônscios de seus deveres na sociedade vigente.

 

Em 1981, com o intuito de proporcionar uma boa educação aos descendentes, seus pais conduziram todos os filhos para Fortaleza, levando a professora Francisca Esmeraldina Bezerra, que aceitara um convite do Dr. José Viana, para estudar e ensinar aos filhos do casal. A tríade (genitores e professora) foi responsável pela história de sucesso profissional e de vida do Aquiles e de seus irmãos.

 

Foi matriculado no colégio 7 de Setembro, lá permanecendo até 1984. Em seguida, se transferiu para o colégio Christus, onde concluiu o ensino médio. Nessas instituições de ensino, aprendeu a estudar, descobrir valores e exercitar o princípio da sabedoria.

 

A escolha profissional foi construída desde muito cedo. Influenciado pelas reflexões diárias de seu pai e baseado no exemplo de dedicação e amor à profissão do Dr. Obi Viana Diniz (vizinho e amigo da família), decidiu ser médico.

 

Em 1988, passou em 10º lugar no vestibular de Medicina da Universidade Federal do Ceará (UFC)). Formou-se em 1993, com decisão de ser cirurgião.

 

Passou no concurso de Residência Médica em Cirurgia Geral da Secretaria de Saúde do Estado do Ceará e optou por fazer Residência no Hospital Geral Dr. César Cals, onde desenvolveu suas potencialidades.

 

Em 5 de outubro de 1996, casou-se com a médica Eneida de Mattos Brito Oliveira, hematologista, que conhecera durante os anos de especialização médica, filha de Elsa de Mattos Brito e do médico Antônio Carlos dos Santos de Oliveira, também filho de Cedro, que muito cedo migrou para Fortaleza e posteriormente para o Rio de Janeiro, onde concluiu o curso de Medicina.

 

Em janeiro de 1997, mudou-se para Brasília, pois Eneida fora aprovada em um concurso na região Centro-Oeste, para trabalhar no Hospital Sarah Kubitschek, onde se encontra até hoje. Inicialmente foi morar na casa dos tios de Eneida, Edmilson e Luci dos Santos, ela prima do pai de Aquiles, tendo recebido muito apoio dos parentes, que já residiam há anos nesta cidade, especialmente do primo Antônio Jacques, que muitas vezes ajudou o casal.

 

Em 1997, o bandeirante da Medicina fez estágio concursado na Gastroenterologia do Hospital de Base, onde, sob a supervisão dos doutores Afonso da Rocha Campos e Columbano Junqueira, ampliou seus conhecimentos sobre as patologias do trato digestivo.

 

Em 1998, foi aprovado em concurso para nova Residência Médica na Unidade de Coloproctologia do Hospital de Base, onde completou seu estudo do trato digestivo, sob supervisão dos professores Dr. Manuel da Silva Resende e do Dr Erivaldo Fernandes Lira.

 

Em setembro do mesmo ano nasceu sua primeira filha, Beatriz Oliveira Viana, companheira de todas as horas, estudante no real sentido da palavra, apreciadora de música e dança e aluna do colégio Sérios.

 

No início de 2000, concomitantemente com a conclusão da Residência em Proctologia, devido ao fato de ter ficado em primeiro lugar no concurso para cirurgia geral da Secretaria de Saúde, o cirurgião integra o “staff” médico daquele Serviço, onde trabalha até a presente data.

 

Em junho de 2000, fundou a Proctoclínica, em companhia de seus amigos e sócios Dra. Roberta Duarte e Dr. André Gleivson.

 

Coroando de êxito o primeiro semestre do ano 2000, nasce também, no mês de junho, um torcedor do Santos Futebol Clube, jogador de basquete, baterista e aluno do colégio Galois, o seu segundo filho Mateus Oliveira Viana.

 

Mesmo dividido entre os afazeres da clínica privada, do Hospital de Base e do ambulatório em que realiza na Associação dos Policiais Militares do Distrito Federal, concluiu na Universidade de Brasília a pós-graduação (Mestrado), na área de Coloproctologia. (JBSG)

 

 

 

Atividades

Visitantes

Total: 15018