SITE EM ATUALIZAÇÃO... Sandra Maria de Andrade Oliveira e Silva
Quinta, 16 Agosto 2018

Sandra Maria de Andrade Oliveira e Silva

A Reumatologista que se preocupa com as dores humanas

Nascida na cidade cearense de Campos Sales, a médica reumatologista Dra.Sandra Maria Alves de Andrade é professora do Curso de Medicina da EscolaSuperior de Ciências da Saúde, al. Igualmente, tem exercido aprofissão médica no Hospital de Base e no Hospital das Forças Armadas. No meioclassista, presidiu a Sociedade Brasileira de Reumatologia de Brasília.

Dra. Sandra Maria Alves de Andrade nasceu aos 19 dias do mês defevereiro de 1955, em Campos Sales, terra natal de seus pais, Osvaldo Alves deAndrade e Francisca Luzanira de Alencar Mota, O Sr.Osvaldo tem a sua faimilia originariano distrito de São Domingos, na região de Inhamuns, A sra.Francisca ´é de Assaré.

No seu consultório, Dra. Sandra desabafou: “Tenho muito orgulho de ter saido do sertao dos Inhamuns, filha de pais com , apenas, o primeiro grau, comerciantes e ter chegado onde chegamos, todos nós seus seis filhos.Meu pai trabalhou com minha mãe , ambos no início da vida, em São Paulo, onde minha irmã mais velha nasceu, durante a II Guerra, ambas as familias fugindo da seca. Voltaram e prosperaram como comerciantes de algodão, até  a praga do bicudo que dizimou a cotonicultura do Ceará, e depois com torrefacão e moagem de cafe.Meu tio mais velho, Valdemar Alves de Andrade foi lider politico nos Inahamuns o até o governo militar de 1964, quando se retirou da politica.

Tem cinco irmãos: Alice, pedagoga; Célia, assistente social; Osvaldo,sociólogo; Osmar, engenheiro de Pesca, e Tânia, médica cardiologista.

Casadahá 35 anos, tem três filhos: Camile, cearense, casada com Chad Prather, e pais de Stella e Vivian; Tiago, brasiliense, e Cecília, brasiliense, casada com Bruno Carneiro, e pais de Melissa e Leonardo..

Quando criança, morou, emFortaleza, à rua Dona Leopoldina, onde se encantava com o verde da Praia deIracema e o prédio branco que parecia navios que passavam para o Porto doMucuripe, o Lido.

Alfabetizada no Grupo Escolar Clóvis Bevilaqüa, terminou o ensino médio noColégio Sagrado Coração de Maria, das Irmãs Dorotéias. O pai era comerciante emembro de uma família cujos membros se dedicavam ao comércio e às profissões liberais, com atuação política. Viu uma parte da família afastar-se da política nos anos sessenta. Seguiu a profissão de outros membros e ingressou no Curso de Medicina da Universidade Federal do Ceará.

Mudando-se para Brasília, em 1977, para acompanhar o marido, engenheirode transporte, o pernambucano Ricardo Sérgio de Oliveira e Silva, transferido para trabalhar na extinta EBTU - Empresa Brasileira de Transportes Urbanos. Trouxeram, do Ceará, a filha primogênita, Camile, então com 4 meses.

Grande parte de seus colegas de Faculdadesãohoje professores da UFC,incluisve PauloLeitão, laboratório de analisesclinicas,Vera Alice MeirellesSales, neurologista, Paulo Auixadá,ortopedista.Um deles,Marcelo Ferrerveio para Brasilia,atua como Ortopedista.

Dra. Sandra cursou, aqui, os últimos três anos do Curso de Medicina,graduando-se pela Universidade de Brasília - UnB. Fez residência médica na área de reumatologia, no Hospital Sarah Kubitschek tendo inaugurado o novo Sarah, em 1982. Posteriormente, em 1989, fez mestrado na Universidade René Descartes - Paris V, na França. Há um ano, concluiu o Curso de Especialização de Ensino à Distância, coordenado pelo Hospital Sírio Libanês e Fundação Don Cabral.

Iniciou sua vida profissional como médica, na Secretaria de Estado de Saúdedo Distrito Federal, no Hospital de Base, tendo se aposentado, e no Hospital das Forças Armadas, onde ainda atua, na assistência, e como preceptora de Residência Médica. Desde 2001, é professora do Curso de Medicina da Escola Superior de Ciências da Saúde, em Brasília, Semiologia Médica..

Atuando em atividades de classe, foi presidente da Sociedade deReumatologia de Brasília, no biênio1988-1989. Foi,também, como membro daComissão de Epidemiologia da Sociedade Brasileira de Reumatologia entre 1996- 1998. Atualmente, mantém apoio à organização dos portadores de artrite em Brasília, por meio do Clube dos Artríticos de Brasília - COB.

Como hobby, pratica a Ikebana e o convívio com os amigos, inclusive, osegressos da Curso de Medicina da UFC e do Colégio das Irmãs Dorotéias, com os quais mantém laços estreitos com o Ceará. Recentemente, é motivo de muita alegria e sentido de vida, o convívio com as duas netas: Melissa e Stella

(JBSG com SMAA OS)

Atividades

Visitantes

Total: 15018