SITE EM ATUALIZAÇÃO... Tasso Ribeiro Jereissati
Terça, 16 Outubro 2018

Tasso Ribeiro Jereissati

Governador, Senador e empresário

Tasso Ribeiro Jereissati nasceu em Fortaleza, em 15 de dezembro de 1948, filho do senador Carlos Jereissati, falecido em 1963, e de Maria de Lourdes Ribeiro Jereissati, falecida em 2006.

 

Foi presidente de honra da Casa do Ceará em Brasília.

 

Estudou em Brasília no Caseb com os filhos dos deputados Expedito Machado, Sérgio Machado, o macaúba, ex-senador, e de Colombo de Souza, Marcos Vinicius, embaixador, bem como Geraldo Fonteles e Rui Coutinho. Geralmente iam ao colégio, a pé, da 208 Sul a W4. Os deputados, que tinham carros oficiais, obrigavam os filhos a fazer a caminhada.

 

Formado em Administração de Empresa pela Fundação Getúlio Vargas, do Rio de Janeiro.

 

Em 1973, casou-se com Renata Queiroz, filha do empresário Edson Queiroz. O casal teve xxx filhos.

 

Em 1974, como diretor do Grupo Jereissati no estado, inaugura o primeiro Shopping Center de Fortaleza, o Shopping Center Um, na avenida Santos Dumont.

 

Em 1982, Tasso inaugura o Iguatemi Fortaleza, que foi o primeiro grande shopping do Ceará.

 

No fim dos anos 70, integrou um grupo de jovens empresários preocupados com a crise institucional que ameaçava alongar o período autoritário. Presidiu o Centro Industrial do Ceará (CIC), transformado à época em fórum de debates das questões econômicas, sociais e políticas da região. Coube ao CIC elaborar e propor o Projeto das Mudanças que o levaria a se eleger governador do estado por três mandatos.

 

Governou o estado do Ceará em três gestões: 1987 a 1990, 1995 a 1998 e 1999 a 2002.

 

Eleito senador da República pelo PSDB, em outubro de 2002, com 1.915.781 votos, Tasso Jereissati exerceu o mandato no período de 2003 a 2011. Como candidato nas últimas eleições ao Senado, não conseguiu ser reeleito, sendo a primeira vez que perdeu uma eleição.

 

Na condição de uma das principais lideranças nacionais do PSDB, Tasso Jereissati foi presidente nacional do Partido em duas oportunidades: 1991 a 1993 e 2005 a 2007. No seu primeiro mandato, exerceu importante papel na consolidação da candidatura de Fernando Henrique Cardoso à Presidência da República.

 

Em 28 de maio de 2011, assumiu a presidência nacional do Instituto Teotônio Vilela, órgão de formação política do PSDB.

 

 

 

Mandatos:

 

No Senado Federal (Ceará) para a 52a. e 53a. legislaturas.

 

A 52a. legislatura refere-se ao período de 1o./2/2003 até 31/1/2007.

 

A 53a. legislatura refere-se ao período de 1o./2/2007 até 31/1/2011.

 

Causa do Afastamento: Término do mandato.

 

Suplentes

 

• Primeiro-suplente: Francisco Assis Machado Neto.

 

• Segundo-suplente: Francisco das Chagas Alcântara.

 

 

 

Data do fim do mandato: 31/1/2011.

 

• 1o. Vice-Líder do Bloco Liderança Parlamentar da Minoria, no Senado Federal, entre 29/5/2003 e 8/5/2005.

 

• 2o. Vice-Líder do Bloco Liderança Parlamentar da Minoria, no Senado Federal, entre 9/5/2005 e 31/1/2007.

 

Atividades

Visitantes

Total: 15018