Manoel Olegário Pinheiro (30/06/1894-23/05/1943) (In memoriam)

C – Maria Lima Pinheiro (27/07/1902-21/01/1928) (In memoriam)

F – Ruth Pinheiro da Silva (24/07/1922-16/08/1997) Do lar (In memoriam)

C – Antônio Gurgel da Silva (Antônio Tó) (02/11/1915- 06/02/2003) Comerciante (In memoriam)

B – Antônio Flávio Gurgel Pinheiro (28/12/1940) Comerciante

B – Idésio Gurgel Pinheiro (06/12/1942) Comerciante, aposentado do Banco do Brasil

C – Maria Célia Dantas de Morais (14/07/1960) Comerciante

Tr – Sérgio Morais Pinheiro Gurgel (25/10/1982) Universitário de Publicidade

Tr – Aline Morais Pinheiro Gurgel (16/01/1985) Universitária de Enfermagem

B – Maria Neuma Gurgel Pinheiro (02/03/1945) Estilista e Comerciante

F – Hagamenon Pinheiro Lima ((20/01.1924-19/12/1924) (In memoriam)

F – Reny Pinheiro Lima (25/02/1925-08/10/1925)

F – Agamenon Pinheiro Lima (24/09/1926)

C – 1a Núpcias - Maria Hilda Morais Pinheiro (06/10/1927- 09/05/1984) (In memoriam)

N – Antônio Morais Pinheiro (17/08/1952)

C – Maria de Fátima Cavalcante Pinheiro

B – Carlos Olegário Cavalcante Pinheiro

B – Amanda Cavalcante Pinheiro

N – Jorge Wilson Morais Pinheiro (21/02/1955)

C – Antônia Ítala Carneiro Mororó Pinheiro

B – Fabiana Carneiro Mororó Pinheiro

B – Mariana Carneiro Mororó Pinheiro

B – Lidiana Carneiro Mororó Pinheiro

N – Maria Áurea Morais Pinheiro (01/01/1957)

C –1a.s. Núpcias - Manoel Valderi de Oliveira

B – Emanuele Pinheiro de Oliveira

B - Paulo Igor Pinheiro de Oliveira

C – 2as. Núpcias – Robledo Valente Duarte

B – Pedro Caio Pinheiro Duarte

N – Chrisanto Morais Pinheiro (06/09/1960)

C – Cleide Carneiro Mororó Pinheiro

B – Felipe Carneiro Mororó Pinheiro

B – Eva Dagma Carneiro Mororó Pinheiro

B – Elias Mororó Neto

C – 2ª Núpcias – Raimunda Lúcia Duarte Pinheiro

N – Redley Duarte Pinheiro (18/02/1978)

F – Hugo Pinheiro Lima (10/01/1928-20/02/1928)

Por jb serra e Gurgel (*)

 

Tia Perpétua, Perpétua Gurgel Pinheiro,  cujo centenário passou em 8 de outubro de 2009, compôs uma geração de mulheres de estirpe, descendentes de Henrique Gurgel do Amaral Valente (vovô do Rio, do rio Quincoê) e Joana Gondin Pereira e integrada por Almerinda, Maria do Carmo(Mariinha) , Minervina, Dionísia, Francisca (Tica), Antonia, Lidia e ela mesma, mulheres, mais Francisco, Henrique, Eduardo e Raimundo, mulheres. Só ela e Raimundo  nasceram em Lages, depois Afonso Pena e Acopiara,um ano depois da chegada da família Gurgel do Amaral Valente àquelas paragens do sertão central do Ceará,m 1908.

Vovô do rio estabeleceu-se em Lages, chegando como fornecedor de tudo para os trabalhadores que construíam a estrada de ferro Fortaleza-Crato.  Começara em Parangaba, depois que se separou de uma sociedade comercial que teve com seu irmão Teófilo Gurgel do Amaral Valente que se associou a Diogo Siqueira e criaram a Siqueira Gurgel, em Otávio , mas Bonfim, que marcou época com o sabão Pavão, “o melhor sabão do Brasil”, o óleo Pajeú, a “neguinha do Pajeú”, o sabonete Sigel e o time de futebol, Usina Ceará, a Vila Gurgel e o Estádio Teófilo Gurgel, na Av. José Bastos. Casou-se e os filhos foram nascendo pelo meio do caminho. Em Lages, comprou muitas terras, mas nunca ostentou riqueza. Viveu modesto e foi coletor e delegado.

Tia Perpétua  batizada por monsehor José Coelho, que  já perdeu  o status de praça em Acopiara, depois de ter marcado o território para a construção da igreja matriz, sendo padrinhos Pedro Gurgel do Amaral Valente  e Firmina Aguiar Gurgel do Amaral Valente. Estudou com sua irmã, Lidia, educou-se nos princípios do catolicismo, época em que muitas primas e primos e sobrinhos entraram para diferentes organizações católicas. Seus irmãos eram músicos: Henrique tocava vários instrumentos de sopro  e regeu a 1ª. banda de música da cidade, Eduardo tocava clarinete e foi o 2º. regente da banda, Mariinha, flauta doce e Lidia,bandolim. O eixo das festividades era a festa  da padroeira, NS do Perpétuo Socorro, quando haviam quermeses, desfiles, missas, apresentavam peças teatrais dirigidas por Mariinha e Lidia, tendo Perpétua os papeis de protagonista.

Em 1935, com 26 anos, casou-se com Manoel Olegário Pinheiro,  viúvo de Maria Lima Pinheiro com dois filhos,   Ruth e Agamenon,  O casamento durou apenas oito anos, dada enfermidade contraída por ele, mas lhe deixou o tesouro de cinco filhos, Rui, Airton, Olegário, Ubaldina e Reni. Em 1943, após a morte de Olegario, tia Perpetua foi à luta para sustentar , criar e educar os filhos e fez de tudo em Acopiara, menos casar de novo, apesar da fila de pretendentes. Foi professora leiga, auxiliar parteira de dona Nenem Nogueira, que pós uma geração de acopiarenses no mundo,auxiliar de cartório. Contou com a imensa ajuda da Irma Lidia que alfabetizou seus filhos e ainda adotou Reni,por um período ,enquanto as coisas melhoravam. Como caçula tinha ainda a doce proteção de vovô do Rio e de vovo Joaninha.

Em 1954, trocou Acopiara por Fortaleza, vindo morar numa casa confortável na Vila Gurgel e trabalhar na secção de fabricação do sabonete Sigel,na Siqueira Gurgel. Estava assegurada a sobrevivência de todos, com modéstia e honestidade. A solidariedade dos Gurgel aflorou. Rui,o filho mais velho, tomou o rumo do Rio de Janeiro,para onde partiram à mesma época seus primos, Teofilho, Niceas, Jaile na busca de trabalho e desafios. Especializou-se em ótica e mais tarde voltaria a Fortaleza . Seus irmãos, Airton e Olegário, montaram o Depósito Gurgel, uma pequena loja no Parque Araxá,para venda de maerial de construção. O negocio deu tão certo que vários familiares, vindos de Acopiara, tiveram depósitos, como Nestor,Valmir, Nertan, Chiquinho de tio Eduardo. Ubaldina se formou em Administração, exerceu relevantes cargos públicos na prefeitura de Fortaleza e Reni concluiu o 2º.grau pedagógico e se dedicou as tarefas domésticas e á educação  primária.

As dificuldades de Pérpetua  sumiram e ela assumiu sua condição de líder da família Gurgel de Acopiara em Fortaleza, onde moravam suas irmãs, Dionisia, em Otávio Bonfim, praticamente dentro da Siqueira Gurgel, onde trabalhou seu marido,João de Souza, e Francisca (Tica)que morou na Floresta, tendo seu marido, Valdizar, sido chefe da estação ferroviária Eng.João Felipe, a principal do Ceará. Em torno dela, por seu espírito alegre, aberto, espontâneo, solidário se reuniram . A prematura morte de Rui,em 1972, abalou a todos, mas Perpetua superando a dor tocou a vida. Em 1975, deixou a Vila Gurgel, já transformada,  face o processo de declínio da Siqueira Gurgel, indo morar na Rua dos Campeões, em Dionisio Torres, com a filha Ubaldina, que lhe acompanharia   vida afora.

Seu neto, Helder Gurgel Ferreira Gomes, lembra o que ela lhe dizia “Nasci em Lages, me criei em  Afonso Pena e me casei em Acopiara  e não saí do lugar”.  O que não é novidade, para os acopiarenses, para nós, Acopiara é o centro do mundo. 

Nas comemorações dos seus 90 anos, em outubro de 1999, filhos e netos lh fizeram muitas homenagens. Num livreto de lembranças, “90 anos de Vida e Conquistas”, está contada com a singeleza da família sua trajetória de vida, com depoimentos de sua garra em criar, educar e fazer seus filhos pessoas de bem. Seus objetivos foram alcançados. Helder  remexeu os arquivos de Tia Perpétua com o auxilio da maezona, Reni, desvendado seu pequeno mundo de vivências marcadas pela ternura e simplicidade. Modinhas, emboladas, trovas,  pensamentos, advinhações,ditados populares, muito foi registrado com sua maneira simples de escrever a ata de sua vida. “A porta da vida é estreita.Iludem-se os que imaginam encontra-la larga”. Parabens tia. Sempre a admirei por sua retidão e por seu amor à família.

JB Serra e Gurgel (Acopiara), jornalista e escritor, sobrinho.

Descendentes de Perpétua Gurgel Valente e
Manoel Olegário Pinheiro (2° casamento dele)

14.F Perpétua Gurgel Valente (Acopiara) (08/10/1909- 03/07/2005) - Do lar (In memoriam)

C – Manoel Olegário Pinheiro (30/06/1894- 23/05/1943) – Comerciante (In memoriam)

87.N Rui Pinheiro Gurgel (Acopiara) (28/12/1935-27/09/1972) (In memoriam)

C Valdinar Alves Gurgel (15/05/1940) Do lar

334.B – Sandra Alves Gurgel (18/04/1963) Empresário

C – José Orlando Alves (12/03/1953) Empresário

600.Tr – Lussandra Alves Gurgel (04/03/1981) Economia Doméstica

601.Tr – José Orlando Alves dos Santos Filho (28/11/1990) Administrador e Especialista em Gestão Pública

335.B – Rui Pinheiro Gurgel Filho (Acopiara) (18/03/1964) Licenciado em Turismo, empregado do Hotel Marina Park na área de eventos

336.B – Cláudio Henrique Alves Gurgel (11/07/1965) Empresário

C – Ana Vitória Ximenes Freitas (05/11/1975-14/03/2001) (In memoriam)

602.Tr – Pedro Henrique Ximenes Gurgel (17/06/1998) Estudante

337.B - Ana Cristina Gurgel de Autran Nunes ((28/06/1965) Bancária e Contadora

C – Francisco José Autran Nunes (27/09/1955) Analista

603.Tr – Rui Gurgel de Autran Nunes (19/01/1989) Estudante

338.B – Mardônio Alves Gurgel (28/01/1969) Empresário

C – Maria Luciene Caetano Gurgel (15/06/1965) Empresária

604.Tr – Mardônio Alves Gurgel Filho (11/11/1992) Estudante

605.Tr – Ana Larissa Caetano Gurgel (17/06/1998) Estudante

88.N Aírton Pinheiro Gurgel (Acopiara) (17/05/1937) - Empresário

C Zélia Ferreira Gurgel (14/11/1939) Do lar

339.B – Adriana Gurgel de Castro (09/01/1963) Empresária

C – Alberto Almeida de Castro (02/11/1965) Empresário

565.Tr – Roberto Gurgel de Castro (06/03/1984) Empresário

606.Tr – Aírton Pinheiro Gurgel Neto ((06/11/1986) Empresário

607.Tr – Sarah Gurgel de Castro (10/04/1998) Estudante

340.B – Aírton Gurgel Júnior (20/01/1964) Empresário

C – Séfora de Alencar Araripe Gurgel (20/03/1965) Médica

608.Tr –Larissa de Alencar Araripe Gurgel (24/06/1995) Estudante

609.Tr – Aléssia de Alencar Araripe Gurgel (20/10/2002)

89.N Olegário Pinheiro Gurgel (Acopiara) (21/02/1939)- Empresário

C – Francisca Maria Leite Gurgel (04/10/1948) Dentista

341.B – Flávia Liduina Costa Gurgel (18/04/1975) Contadora da Cagece

342.B – Felipe Leite Gurgel (17/04/1977) Empresário

C – Flávia Liduina Lima da Costa

610 Tr – Pedro Vitor Costa Gurgel (14/04/2010)

343.B – Cássio Leite Gurgel ((27/08/1978) Empresário

344.B – Lívia Gurgel Novaes (04/03/1981) Estudante

C – Antônio Assunção Novaes Júnior(04/10/1997)

  1. Tr – André Gurgel Novaes (05/10/1999) Estudante
  2. Tr – Lucas Gurgel Novaes (01/03/2003)

345.B – Lia Leite Gurgel (26/06/1983) Estudante

90.N Ubaldina Pinheiro Gurgel (Acopiara) (20/10/1940) Funcionária Pública municipal

91.N Reni Pinheiro Ferreira Gomes (Acopiara) (06/10/1942) Professora

C Francisco Helder Alves Ferreira Gomes (01/10/1937) (17/04/2013) Empresário in memoria

346.B – Helder Gurgel Ferreira Gomes (10/06/1966) Sociólogo

347.B – Olegário Gurgel Ferreira Gomes (10/01/1968) Promotor Público e Jornalista

C - Liliane Coelho Ramalho Gurgel (10/11/1968) Empresária

348.B – Lidiana Gurgel Ferreira Gomes (01/06/1972) Médica, Ginecologista e Obstetra

C – Marcos Antônio Ferreira Araripe (26/11/1973) Auditor da Receita Federal

  1. Tr – Guilherme Gurgel Araripe (25/09/2004)

614 Tr – Samuel Gurgel Araripe (12/11/2007)

Acopiara, o trem, a estação, Valdizar e Tia Tica

 

Por J.BSerra e Gurgel (*)

Valdizar de Melo Brasil  nasceu em Ibicuã, distrito de Senador Pompeu,   em 15 de Agosto de 1903.

Valdizar foi um autodidata ,apenas com a instrução da época em que viveu, tinha veia poética, gostava muito de fazer livros de sonetos, palavras cruzadas, charadas, logogrifos, tendo recebido vários prêmios e por essa razão tendo sido colaborador das revistas de palavras cruzadas na época.

Ficou órfão de pai, Valter de Melo Brasil,  aos 14 anos e começou trabalhar. Viveu a infância e adolescência em Suçuarana, onde sua avó paterna, Maria Romana de Melo Brasil,  era a Agente dos Correios e Telégrafos. . Quando ele ingressou na Rede Viação Cearense-RVC . foi telegrafista e agente da Estação em Suçuarana, distrito de Senador Pompeu,  por algum tempo.

Já Francisca Gurgel Brasil nasceu em Parangaba, distrito de Fortaleza,  em um casarão na Praça da Igreja Matriz ,em 25 de Janeiro de 1904.

Conta Luiz Gurgel Brasil, primogênito: “Algumas vezes passando por lá, quando íamos sempre passear no sítio de José Gurgel, filho de Teófilo Gurgel,  lá em Maraponga, onde hoje é o DETRAN, ela nos mostrava apontando a casa onde  nasceu.  Um irmão de Vovô Henrique Gurgel do Amaral Valente, Teófilo,  era sócio na época da Siqueira Gurgel.  Esse sócio dele chamado Siqueira, deu o nome ao Bairro Siqueira .

“Nessa época papai já havia sido chefe das estações em  Iguatu, Patos/PB, Alencar, Cajazeiras, Lavras da Mangabeira e Capistrano de Abreu. Ficou viúvo de sua primeira mulher,  Maia Luiza de Oliveira Brasil,  com quatro filhos. . O mais velho tinha cinco anos Ele deixou toda criançada em Iguatu com a avó deles. Em 1935 foi chefiar a estação de Acopiara por escolha e determinação do Presidente da República  e do Ministro da Aviação e Obras Públicas.

“Foi lá que conheceu Francisca Gurgel Valente. Ela como todos os sertanejos foi como de costume olhar a passagem do trem na Estação. Chegando lá ao escutar o ruído dos aparelhos de Morse ela olhou pela janela da estação e avistou o novo Chefe manipulando Morse em uma cadência exagerada. Ficou encantada com o chefe muito bem fardado, com um impecável quepe na cabeça. Então surgiu uma conversa que apressadamente virou um casamento muito feliz. Ao se casarem, ela prontamente mandou busca toda criançada e assumiu todos como filhos de Valdizar como não podiam deixar de fazer. Sendo de origem muito católica tomou logo certas providências como a 1ª comunhão e outros procedimentos relativos aos meninos. Ela durante toda vida foi do lar, dedicadíssima ao marido e filhos. Para ajudar economicamente na educação da família, ela costurava e bordava toalhas de mesa e colchas de cama.. Faleceu em 29 de Agosto de 2000”.

Em 1936,  ela estava grávida esperando o primeiro filho, quando Valdizar foi nomeado agente da estação de Senador Pompeu. Foi em casa que assistida por uma famosa parteira de nasceu Luiz Gurgel Brasil,, o primeiro filho de uma série de sete.

Os demais filhos nasceram: Valda em Cajazeiras. Antônio, José Alfredo e Francisco em Iguatu, João Henrique, Humberto, Edmundo, Edmar, Maria de Fátima, Maria das Graças e Ricardo em Fortaleza- CE. Ricardo é filho de Antônio. A mãe de Ricardo faleceu em parto cesariano e seu avó, Tica,  adotou no dia seguinte o neto como filho.

Valdizar foi promovido de “letra” e assumiu a chefia da estação de Otávio Bonfim, bairro de Fortaleza. Logo em seguida, foi  transferido para assumir o a chefia da  Estação Central Eng, João Felipe, em Fortaleza, aspiração de todos os chefes de estação da RVC. O chefe  tinha direito uma casa grande e moderna, com hortas e jardins,  para morar com a família construída em meio quarteirão na Avenida Tristão Gonçalves nº1, vizinho ao parque ferroviário. Tinha também direito á dois ordenanças para serviços gerais. Nessa casa, Valdizar e Tica  hospedaram os familiares: irmãos, sobrinhos e outros que precisavam tratar de assuntos particulares ou passear em Fortaleza.” Eu como menino na época me lembro de Dom Newton seminarista e como Padre recém-ordenado sendo um dos hospedes importante dos que por lá passaram”, recorda.

Recorda Luiz Gurgel Brasil: “Vale apena lembrar que nas férias escolares dos filhos, Vadizar requisitava um “carro vagão especial”  para os filhos passar o mês de férias em Acopiara com os avós e tios. Nesse carro especial tinham: uma sala de refeição, banheiros completos, oito camarotes com camas, varandas e muito conforto. O carro vagão especial passava o mês inteiro no desvio de trilhos ao lado da estação, até terminar as férias. Tempo bom que não volta nunca mais.

 “O único transporte que funcionava bem na época era o trem, tanto para passageiros como para cargas variadas. Tinha vagões para transportar animais para abate,  para combustíveis, para transporte de alimentos, frutas,  para transportar lenha para usina fornecedora de energia elétrica em Fortaleza,  para transporte de calcários e outros minerais. Tinha vagões de 2ª. Classe, de 1ª.  Classe,  restaurante e também vagão especial para autoridades e pessoas ricas e trem pagador.. As pessoas mais importantes da época viajavam de trem que era praticamente o mais nobre transporte. Por essa razão e outras, o chefe da estação fazia as melhores amizades e gozava de muito prestígio profissional e social.

Na Estação João Felipe, Valdizar permaneceu no cargo por mais de 15 anos, graças aos seus bons e honestos trabalhos.

Na substituição do diretor da RVC,  Humberto Monte, por Hugo Rocha, começou haver a influencia politica no serviço público. Valdizar foi afastado da função que ocupava, não gostou,  ingressou com um pedido de licença especial em uma das três que tinha direito, por já contar com mais de 30 anos de serviço.Após apenas aos dois meses, foi chamado pelo diretor Hugo Rocha que em reconhecimento a sua trajetória profissional e por necessidade de serviços o convidou para suspender a licença e ser aceitar chefiar a Contadoria Geral da RVC. Seis meses depois , foi convidado a aceitar chefia de Pagador Geral da RVC, passando a viajar mensalmente no chamado “trem pagador” tanto na linha Norte- Fortaleza-Sobral como na linha Sul, Fortaleza-Crato. Valdizar chegou  ao fim de sua carreira como Agente de Estação Classe Letra G. e aposentou-se com 40 anos de serviço. enquadrado no cargo de Pagador da R.V.C. 

Todas as promoções e nomeações dele foram assinadas por Washington  Luiz, Getúlio Vargas e pelos Ministros da Aviação e Obras Públicas.

 Atendendo ao convite do Engenheiro Dr. Calos Oliveira, da RVC,  e candidato á deputado federal, aceitou se candidatar á deputado estadual tendo sido eleito primeiro suplente mais votado, mas não assumiu.. Ao falecer , em 10 de Novembro de 1972, minutos antes ele falou que ia partir sentindo muita dor física e muitas saudades dos amigos, livros e família.

 

MOMENTO DE ALEGRIA DE VALDIZAR DE MELO BRASIL:

No final da década de 40, ele chegou em casa, após ao trabalho, e  vibrando de alegria falou para minha mãe que Getúlio Vargas havia  concedido um abono de natal no valor de m 0,5%. Nunca me esqueci da alegria. Não havia inflação. Ou  tempo bom!

MOMENTO DE GRANDE TRISTEZA:

No início da década de 50,um colega pediu para ele ser fiador de umas portas para completar a construção  de sua casa. O colega não pagou o compromisso na serraria. Ele com muita dificuldade cumpriu com o compromisso e até chorou  mais pagou mesmo, para manter seu nome limpo.

 

* JB Serra e Gurgel (Acopiara) jornalista e escritor, sobrinho de Francisca Gurgel Brasil, Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Não sei se há necessidade. Receba como informação. O meu avô paterno chamava-se Antônio José de Melo. Papai  tinha dois irmãos: Valter de Melo Brasil “Chefe de Trem” e Antônio de Melo Brasil, “Agente de Estação”. Tio Antônio deixou a Rede Viação Cearense e ingressou como telegrafista do Departamento de Correios e Telégrafos em São Paulo, onde se tornou  Diretor Geral.

Papai aos dezoito anos de idade, quando viajava  em um Trole Motor  de Suçuarana para Iguatu, á serviço, sofreu um grande acidente. O Trole virou e uma corrente de aço seccionou todo o abdome  dele ficando inteira apenas a coluna. A cicatriz que ele carregou durante toda vida, impressionava a qualquer médico  por mais estoico que fosse. Viveu graças a milagre de N.S.DAS DÔRES. Diga-se passagem na época ainda não tinham os antibióticos. Usava-se solução de ácido fênico(fenol) e ele se deitava em folhas de bananeiras para evitar escaras.

Depois tem mais.

Abraços,

 

--

 

Descendentes de Francisca Gurgel Brasil e Valdizar Melo Brasil

12.F – Francisca Gurgel Brasil (Parangaba/CE) (25/01/1908- 07/05/2000) Do lar (In memoriam)

C – Valdizar Melo Brasil (Sussuarana-município de Iguatu). (15/08/1903-11/11/1973) ex-Chefe da estação RVC de Acopiara, Otávio Bonfim e Eng. João Felipe (In memoriam)

78.N – Luiz Gurgel Brasil (Senador Pompeu/CE) - Coronel RR da Polícia Militar do Estado do Ceará e Bioquímico

C – Maria Nilma Coêlho Brasil (Fortaleza) Analista Clínica (In memoriam)

312.B – Valdizar Coêlho Brasil (Fortaleza) Aeronauta

313.B – Kelly Coêlho Brasil (Fortaleza) Advogada

C – Elias Ribeiro Vasconcelos Filho - Empresário de transportes

79.N – João Henrique Gurgel Brasil (07/03/1938-11/05/2004) - Coronel da RR da Polícia Militar do Estado do Piauí – Graduado em Administração, Letras, Geografia, Curso Superior na Academia Internacional de Polícia, em Washington, EUA (In memoriam)

C – Aleuda Calixto Brasil (Acopiara) - Graduada em Letras e FuncionáriaPública da PM do Piauí

314.B – Kátia Regina Calixto (Teresina/PI) Graduada em Letras e Administração e Professora Universitária em Teresina-PI.

315.B – Raphael Calixto Brasil (Teresina/PI) Advogado

80.N – Humberto Gurgel Brasil - Comerciante, aposentado

C – Maria Conceição Cardoso Brasil (Sítios Novos-Município de Caucaia-CE)- Comerciante (In memoriam)

316.B – Humberto Cardoso Brasil (Fortaleza) Arquiteto e Analista de Sistemas

317.B – Francisca Wladia Cardoso Brasil (Fortaleza) Contadora

C – Antônio de Barros Serra (Fortaleza) Analista de Sistemas

586.Tr – Alexandra Brasil Serra (Fortaleza) Estudande de Medicina

587.Tr – Astolfo Wagner Brasil Serra (Fortaleza)

81.N – Edmundo Gurgel Brasil - Aeronauta, piloto de linha aérea, instrutor de pilotagem, teólogo, pós graduado em Teologia Latino americana, pastor evangélico da Assembléia de Deus

C – Ana Maria de Oliveira Brasil - filósofa, Pós- Graduada em Filosofia

318.B – Ana Cristhina de Oliveira Brasil (Fortaleza) Fisioterapeuta. Integrante do Conselho de Fisioterapeutas do Ceará, mestre em Saúde Pública, professora da Unifor, ex-conselheira do Conselho Nacional de Saúde, suplente de vereadora em Fortaleza.

319.B – Ana Elizabeth de Oliveira Brasil (Fortaleza)- Pedagoga, Funcionária Pública Federal do TRT, Pós-graduada pela Unifor

588.Tr – Carolina Beatriz Brasil Martins (Fortaleza) vestibulanda

320.B – Marcus Vinicius de Oliveira Brasil (Fortaleza) – Graduado em Informática, com mestrado em empreendedorismo, professor da UFC, doutorando da Unifor, teólogo pastor evangélico.

C – Maria do Socorro Vasconcelos Brasil - Do lar

589.Tr – Marcus Vinicius de Oliveira Brasil Filho

590.Tr – João Gabriel Vasconcelos Brasil

82.N – Edmar Gurgel Brasil - Empresário

C – Ivete Canito Brasil - Empresária

321.B – Ivelise Regina Canito Brasil (Fortaleza) Médica, especialista em transplante de fígado

322.B –Edmar Canito Brasil Empresário - Administrador de Empresas

C – Glenda Leitão Brasil Empresária - Administradora de Empresas

591.Tr – Edmar Gurgel Brasil Neto

592.Tr – João Marcelo Leitão Brasil

593.Tr – Maria Júlia Brasil

594.Tr – Cláudia Irene Canito Brasil - Acadêmica de Medicina (In memoriam)

83.N – Maria das Graças Gurgel Brasil (Fortaleza) Bioquímica, Divorciada

323.B – João Paulo Diógenes Parente (Rio de Janeiro/RJ) – Médico Psiquiatra da Aeronáutica

324.B – José Inácio Diógenes Parente - Psicólogo (idem)

325.B – Paula Diógenes Parente - Cirurgiã Dentista (Fortaleza- -CE)

595.Tr – Felinto Pinheiro - Cirurgião Dentista

596.Tr – Alice Parente Pinheiro (Fortaleza CE)

84.N – Maria de Fátima Gurgel Brasil - (Fortaleza) (16/03/1950) Funcionária Pública Federal, Aposentada-Divorciada

D – Wilker Gurgel Ibiapina - Empresário (Fortaleza) 01/07/1976

326.B – Luizemberga Barbosa Gurgel (Fortaleza) (20/07/1971)- Enfermeira

Tr.597 Gabriela Bezerra Gurgel (Fortaleza) (28/11/2006)

327.B – Camila Gurgel Ibiapina – (Fortaleza) (27/06/1980) Jornalista e Radialista

328.B – Igor Gurgel Ibiapina (Fortaleza) (28/05/1982) Médico Veterinário

C Mariana Machado Ibiapina (Fortaleza) (28/05/1982)- Médica Veterinária

598.Tr Beatriz Machado Ibiapina (Fortaleza) (05/07/2010)

Valdizar de Melo Brasil

C – 2as. Núpcias - Maria Luiza de Oliveira Brasil

F – José Alfredo de Oliveira Brasil - Funcionário Público Federal aposentado do Ministério das Comunicações

C – Teresinha de Jesus Oliveira Brasil – Funcionária Pública Aposentada do Ministério da Defesa

F – Maria Teresa de Oliveira Brasil – Do lar, divorciada

B – Denise Regina de Oliveira Brasil Sousa

B – Leonardo Bruno de Oliveira Brasil Sousa

B – Tiago de Oliveira Brasil Rocha

F – Francisco de Oliveira Brasil – Funcionário Público Aposentado e Professor

C – Maria de Fátima Melo Brasil – Teóloga e Ministra da Eucaristia

N – Lúcia de Fátima de Melo Brasil – Artes Plásticas

C – José Wilde Batista de Oliveira – Geólogo

B – Erik Brasil Oliveira – Professor de História

B – Franklin Brasil Oliveira – Curso Superior de Turismo

B – Mikaela Brasil Oliveira – Pré-Universitária

N – Teresa Newman de Melo Brasil Calvet – Administradora Hospitalar

C – Cila Silva Calvet – Geólogo

B – Thiago Brasil Calvet – Engenheiro Químico

B – Caio Brasil Calvet – Professor de História

B – Lya Brasil Calvet – Professora no Ensino Fundamental

N – Paulo Sérgio de Melo Brasil – Comerciante

C – Maria Núbia da Costa Brasil – Do Lar

B – Rafael Sávio da Costa Brasil – Funcionário Público Municipal da Prefeitura de Fortaleza

B – Saulo da Costa Brasil – Funcionário da Telemar

B – Rosélia Sâmila Costa Brasil – Professora no Ensino Fundamental

B – Samara Costa Brasil – Professora no Ensino Fundamental

N – Regina Célia de Melo Brasil Souza – Funcionária do Banco do Brasil, Gerente

C – José Brasil de Souza Filho – Economista e Graduado em Ciências Contábeis

B – Túlio de Melo Brasil – Professor no Ensino Fundamental

B – Felipe de Melo Brasil – Professor no Ensino Fundamental

N – Maria Cláudia de Melo Brasil – Pedagoga com Pós-Graduação

N – Alexandre de Melo Brasil – Psicólogo com Pós-Graduação

F – Antônio de Oliveira Brasil (14/11/1929) Comandante da VARIG, aposentado

C – 1as. Núpcias – Maria Irene de Oliveira Brasil – Professora de Música (In memoriam)

N – Francisco Nonato de Oliveira Brasil – Funcionário da Polícia Rodoviária Federal, Aposentado

C – Sandra Maria Albuquerque Brasil – Do Lar

B – Márcia Maria Albuquerque Brasil – Curso Superior de Informática

B – Marcelo Albuquerque Brasil – Curso Superior de Informática

B – Mateus Albuquerque Brasil – Estudante do 1° grau

N – Ricardo de Oliveira Brasil – Empresário de Transporte Escolar

C – Maria das Graças Vasconcelos Brasil – Empresária de Transporte Escolar

B – Victor Vasconcelos Brasil – Graduado em Filosofia, Professor

B - Grace Irena Vasconcelos Brasil – Enfermeira

C – 2as. Núpcias – Maria Nilzete Pinheiro Brasil – (18/02/1940) Do lar

N – Maria Luísa Brasil Pinheiro (25/09/1959) Professora

N – Maria Eliane Brasil Romão e Silva (16/08/1962) Bióloga e Professora de inglês

C – Afonso Marcos Romão e Silva (27/12/1958) Engenheiro Eletrônico

B – Carolina Brasil Romão e Silva (10/04/1988)

B – Gustavo Brasil Romão e Silva (05/06/1991)

N – Maria Lúcia Brasil Canelas (31/01/1966) Advogada

C – Marcelo Azevedo Canelas (13/05/1964) Empresário

B – Daniel Brasil Canelas (23/04/1991) Estudante

B Gabriel Brasil Canelas (02/03/1994) Estudante

N – Maria Célia Pinheiro Brasil (06/01/1977) Aeronauta

C – Robson Maia (20/10/1973) Aeronauta

N – James Marcelo Pinheiro Brasil (05/12/1972) Consultor de Segurança

C – Jacqueline de Oliveira Brasil (16/07/1969) Professora de Educação Física

B – Brenda de Oliveira Brasil (30/06/2002) - Estudante

F – Maria Valda de Oliveira Brasil – Funcionária Pública Federal Aposentada do Ministério das Comunicações

C – Edésio Amorim Nascimento – Radialista e Publicitário (In memoriam)

N – Paula Brasil Nascimento – Nutricionista

N – Renata Brasil Nascimento – Nutricionista

N – Giuliano Brasil Nascimento - Publicitário

11.F Eduardo Gurgel Valente (Acopiara) (02/12/1905- 29/11/1990) - Comerciante, Agricultor, Coletor Estadual, Músico (In memoriam)

C – Hermengarda Aguiar Gurgel (Cedro) (29/09/1907- 04/12/2005) - Do Lar

67.N João Gurgel Valente (Acopiara) (03/12/1928) – Bancário aposentado

C Teresinha Pinheiro Gurgel – (03/09/1931) - Do Lar

272.B – Claucidia Pinheiro Gurgel – (* 30/04/1967- 22/06/1987) (In memoriam)

68.B Tadeu Aguiar Gurgel (Acopiara) (06/12/1947) – Licenciatura Plena em Geografia

69.N Firmina Gurgel Bezerra (Acopiara) (10/11/1944) - Professora

C José Maurílio Crispim Bezerra – (23/03/1939) – Comerciante

273.B – Luís Eduardo Gurgel Bezerra - (17/06/1969) – Comerciante e Técnico em Construção Civil

274.B – Hider Gurgel Bezerra – (30/04/1973) – Funcionário Público Estadual (Metrofor), Gestor, Técnico em Segurança do Trabalho

275.B – Ládmo Gurgel Bezerra – (06/12/1979) – Universitário de Engenharia Elétrica

276.B – Maurília Gurgel Bezerra – (13/06/1985) – Estudante

70.N Francisco Aguiar Gurgel (Acopiara) (05/07/1940) – Comerciante

CMaria Darcy Nogueira Gurgel – (10/05/1943) – Professora aposentada)

277.B – Lídia Gurgel Esmeraldo – (30/11/1971) – Enfermeira

C – José Carlos Cruz Esmeraldo Júnior – (10/10/1969) – Representante

531.Tr – Yuri Gurgel Esmeraldo – (25/03/1991) – Estudante

532.Tr – Yara Gurgel Esmeraldo – (08/04/1992) – Estudante

533.Tr – Yan Gurgel Esmeraldo – (30/03/1994) – Estudante

278.B – Nidia Gurgel do Patrocínio – (04/03/1973) – Contadora e Comerciante

C – Macio Augusto Fialho do Patrocínio – (05/07/1973) – Contador

534.Tr – Gustavo Gurgel do Patrocínio (13/12/2004)

279.B – Marcos Thiago Nogueira Gurgel – (15/06/1974) – Comerciante e Estudante Universitário

280.B – Rogério Nogueira Gurgel – (31/01/1980) – Engenheiro Eletrônico)

281.B – Francisco Aguiar Gurgel Júnior – (11/12/1981) – Representante e Estudante Universitário

  1. N Grasiela Gurgel Leite (Acopiara) – (10/09/1946) – Professora do Estado – Graduada em Letras e Pedagogia, especialista em Educação brasileira

C – Francisco Diniz Leite – (18/03/1938) – Aposentado BNB e Comerciante

282.B – Sérgio Henrique Gurgel – (17/11/1967) – Oficial da Marinha Mercante, Acadêmico Direito e Comerciante

C– Adriana Teixeira Leite – (23/10/1972) – Psicóloga

535.Tr – Gabriela Teixeira Leite – (09/10/2000)

536.Tr – Renan Teixeira Leite – (31/10/2002)

283.B – Reinaldo Leite Viana Neto – (14/05/1970) – Veterinário

C – Lucilma Gurgel Leite – (06/10/1971) – Veterinária

537.Tr – Reinaldo Gurgel Leite Viana – (25/04/2000)

538.Tr – Lorena Gurgel Leite Viana (25/10/2004)

284.B – Cristiano Gurgel Leite – (03/10/1975) – Contador e Comerciante

285.B – Danielle Gurgel Leite – (24/09/1982) – Universitária Medicina

72.N Susana Gurgel do Vale (Acopiara) (31/05/1942) – Comerciante

C Antônio Gaspar do Vale (Acopiara) (28/05/1936) – Comerciante, ex-deputado Estadual, ex-prefeito de Acopiara, (31/01/1983-31/12/1988)

286.B – Denise Gurgel Tavares do Vale (Acopiara) (07/01/1962) – Pedagoga

C – Antônio de Pádua Vasconcelos Tavares – (24/081961) – Advogado, Bancário

539 Tr – Susane de Fátima do Vale Tavares – (09/10/1984) –Enfermeira

540Tr – Nayane do Vale Tavares – (19/01/1986) – universitária de Administração e de Turismo

541.Tr – Adriane do Vale Tavares – (22/08/1995) – Estudante Pré-universitária

  1. B – Delany Gurgel do Vale Souza (Acopiara) (27/10/1964)– Advogada Vereadora em Acopiara (2004/2008)

C – Raimundo Nonato de Araújo Souza – (09/07/1963) – Advogado

542.Tr – Antônio Gaspar do Vale Neto – (27/01/1986) – Acadêmico de Medicina

543.Tr – Rafael do Vale Souza – (06/02/1987) – Advogado

544.Tr – Moisés do Vale Souza – (14/05/1991) – acadêmico de Direito

545.Tr – Maria Caroline do Vale Souza – (10/11/1995) – Estudante

288.B – Eduardo Gurgel do Vale (Acopiara) (22/06/1967) – Comerciante

C – Maria Ediana Alves Mulato do Vale – (22/02/1973) – Professora

546.Tr – Diego Mulato do Vale – (09/09/1988) – Estudante

547.Tr – Eduardo Mulato do Vale – (22/01/1993) – Estudante

548.Tr – Pedro Henrique Mulato do Vale - (08/11/2000) - Estudante

549.Tr – Maria Eduarda Mulato do Vale – (16/05/2002) - Estudante

289.B – Tiago Gurgel do Vale (Acopiara) (22/12/1973) – Médico e Diácono

290.B – Denúsia Gurgel do Vale – (07/06/1978) – Terapeuta Ocupacional

C – Cristiano Saraiva Gomes (08/07/1978)

550.Tr – Sofia do Vale Gomes (09/09/2005) - Estudante

291.B – Hermengarda Gurgel do Vale – (28/02/1983) – Psicóloga

C – Francisco Aragão Fontenele (26.09-1986) Administrador

73.N – Alzemira Aguiar Gurgel de Albuquerque (Acopiara) (17/02/1932) – Do Lar

C – Francisco Medeiros de Albuquerque (Acopiara) (01/02/1929-2011) – Comerciante (In memoriam)

292.B – José Eduardo Gurgel de Albuquerque – (28/09/1953) - Comerciante

C Aurymary Castelo Branco de Albuquerque – (11/07/1952) – Transportadora Escolar

551.Tr Alessandra Castelo Branco de Albuquerque – (01/02/1978) – Nutricionista

C Almodar de Castro Sousa Júnior – (19/02/1973) – Professor

240.Te Gabriel de Albuquerque Sousa – (03/01/2002)

552.Tr Alex Castelo Branco de Albuquerque – (21/08/1980) – Motorista Autônomo

553.Tr Alyne Castelo Branco de Albuquerque – (05/05/1986) – Universitária de Engenharia de Pesca

293.B – Irlene Gurgel do Amaral – (17/12/1954) – Enfermeira

C Jesus Amaral Lima – 23/03/1946) – Funcionário Público

  1. Tr Rosane Gurgel do Amaral – (16/11/1989) – Estudante

294.B – Verônica Gurgel de Albuquerque Pontes – (25/08/1958) – Funcionária Publica

C Manoel Araújo Pontes Neto – (30/06/1972) – Comerciante

555.Tr Emanoel de Albuquerque Pontes – (22/09/1998) – Estudante

556.Tr Mariana de Albuquerque Pontes – (17/01/2000) – Estudante

295.B – Maria de Lourdes Gurgel Macedo – (17/12/1963) – Professora Pedagoga

C João Macedo Silveira – (31/05/1960) – Odontólogo

557.Tr Samuel Gurgel Macedo – (27/12/1987) – Estudante

558.Tr Lucas Gurgel Macedo – (16/06/1991) – Estudante

74.N – Gessildo Gurgel Valente (Acopiara) (02/05/1939) – Funcionário Público Federal e Aposentado

C – Ana Stela Serra Valente – (02/09/1939) – Do Lar

296.B – Gessiane Serra Gurgel – (14/12/1969) – Assistente Social

C Francisco Hermicecio Coelho de Oliveira – (04/101961) – Vendedor de Consórcios

559.Tr Larissa Gurgel Coelho – (14/01/1994) – Estudante

560.Tr Carmina Burana Gurgel Coelho – (11/01/1995) – Estudante

297.B - Adir Serra Gurgel – (13/03/1972) – Fiscal de Trânsito

C Aleksandra Barroso Gomes – (02/03/1973) – Farmacêutica

561.Tr Davi Gomes Gurgel – (30/06/2003)

298.B – Virgílio Serra Gurgel – (10/09/1974) – Comerciário

C Cleoneide Marinho Gurgel – (10/08/1980) – Do Lar

562.Tr Vinícius Marinho Gurgel - (17/12/2000) - Estudante

299.B – Virgínia Serra Gurgel – (10/09/1974) – Auxiliar de Enfermagem

300.B – Diana Maria Serra Gurgel – (14/11/1976) – Pedagoga

75.N – Pedro Gurgel Valente (Acopiara) (02/11/1927) – Professor de Pedagogia, Aposentado

C Luísa Alves Gurgel – 03/11/1934) – Professora de Geografia, Aposentada

301.B – Lúcio Alves Gurgel – (02/02/1957) – Engenheiro Mecânico

C Rosângela Bernardo Félix – (31/12/1975) – Estudante

563 Tr Lúcio Alves Gurgel Júnior – (12/02/1998) – Estudante

302.B –Lúcia Maria Alves Gurgel – (25/01/1958) – Bibliotecária e Bióloga

303.B – Mônica Alves Gurgel Nunes – (24/06/1962) – Advogada

C Júlio César Chaves Nunes – (25/07/1957) – Prof. Ed. Física

564.Tr Juliana Gurgel Nunes – (25/10/1984) – Estudante Universitária

565.Tr Júlio César Chaves Nunes Filho – (27/04/1987) – Estudante

304.B – Elton Alves Gurgel – (26/08/1966) – Psicólogo

C Maria Auxiliadora Araújo Gurgel – (25/11/1967) – Assistente Social

566.Tr Danilo Ramalho Gurgel – (01/07/1999) – Estudante

567.Tr Vitória Ramalho Gurgel – ( 02/06/1992) – Estudante

568.Tr Beatriz Araújo Gurgel – (26/12/1998) - Estudante

76.N – Maria Gurgel de Magalhães (Acopiara) (* 19/03/1935 + 05/02/2001) (In memoriam)

C – Diniz Gurgel de Magalhães – (* 26/05/1931 + 11/06/1981) (In memoriam)

305.B – Diniz Gurgel de Magalhães Júnior – (27/09/1956) – Bancário

C Maria Evanira Lima Gurgel – (01/01/1974) – Técnica em Contabilidade

569.Tr Diniz Gurgel de Magalhães Neto – (02/12/1983) – Funcionário Público

C Maria Luciana de Lima – (05/04/1983) – Comerciaria

570.Tr Luciano Rocha Gurgel – (10/05/1991) – Estudante

571.Tr Mauri Ângelo Rocha Gurgel – (07/06/1993) - Estudante

572.Tr Vitória Lima Gurgel de Magalhães – (16/07/1998) – Estudante

306.B – Mariniz Gurgel de Magalhães – (21/05/1959) – Funcionária Pública, Graduada em Filosofia

573.Tr Jonathan Gurgel de Lima – (12/09/1985) – Estudante

574.Tr Jessyca Gurgel Vieira – (23/03/1988) – Estudante

575.Tr Juliany Gurgel Vieira – (16/02/1991) – Estudante

307.B – Eduardo Franco Gurgel de Magalhães – (20/02/1958) – Nutricionista

C Zenilce Maria Melo – (19/061958) – Odontológica

576.Tr Simão Melo Gurgel – (06/09/1983) – Estudante Universitário Computação

577.Tr Abraão Melo Gurgel – (17/07/1987) – Estudante

578.Tr Abel Franco Melo Gurgel – (29/01/1990) – Estudante

308.B – Marilce Gurgel de Magalhães – (22/04/1974) – Técnica Enfermagem

C José Adriano Santos de Oliveira – (27/06/1968) – Segurança

579.Tr Letícia Magalhães de Oliveira - (07/10/1998) - Estudante

  1. N- Joanete Gurgel Barbosa (Acopiara) (10/06/1930) – Do Lar

C José Leite Barbosa – (Acopiara) (01/02/1930) – Sub Oficial Reformado da Marinha

309.B – Hermengarda Gurgel Anátocles – (03/12/1956) – Assistente Social

C Marcos Vinícius Anátocles – (xxx) – Estratégico do UNI Sul – Assessor

580.Tr Igor Gurgel Anátocles – ( 11/04/1980) – Estudante Universitário de Administração. de Empresas

581.Tr Andrey Gurgel Anátocles – (06/05/1985) –Universitário de Veterinária

582.Tr Yuri Gurgel Anátocles – (31/10/1989) – Estudante

583.Tr Josenete Leite Gurgel – (xxx) – Graduada em Letras, Professora de Inglês e Português

310.B – Maria de Fátima Leite Gurgel Nazareth – (15/06/1959) – Professora de Inglês e Português

C Sérgio Baldanza Nazareth – (xxx) – Graduado em Direito, Funcionário Público

584.Tr Sérgio Baldanza Nazareth – (06/03/1984) – Universitário de Direito

585.Tr Leandro Gurgel Baldanza – (24/08/1988) – Estudante

311.B – Luciana Gurgel Leite – (01/02/1965) – Graduada em Letras, Aeronauta, Comissária de Bordo.

Joomla templates by a4joomla